Diretor do HNSC explica processo de enfrentamento à Covid-19 e agradece empenho da equipe de saúde
08
maio-20

Diretor do HNSC explica processo de enfrentamento à Covid-19 e agradece empenho da equipe de saúde

 

O Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) continua atuante no enfrentamento ao novo coronavírus – Covid-19. Diante das previsões da Secretaria de Estado de Saúde de que o pico da doença deverá acontecer no início de junho em Minas Gerais, a Instituição está tomando os cuidados necessários para atender os pacientes diagnosticados com novo vírus e aqueles que dão entrada por outra enfermidade.

Uma das frentes de trabalho é a construção do novo Centro de Terapia Intensiva (CTI) em parceria com a Prefeitura de Pará de Minas, que deverá ser inaugurado ainda neste mês de maio. Ele contará com dez leitos, totalizando 20 leitos de terapia intensiva na unidade. Deste total, 10 serão destinados aos pacientes com covid e o restante para pacientes não covid.

A expectativa agora é pelo credenciamento dos novos leitos pelo Ministério da Saúde para que o hospital recebe ajuda governamental para arcar com os custos dos leitos. “Estamos trabalhando a todo vapor para colocar os leitos (CTI) funcionando. Os 58 leitos clínicos propostos pelo plano regional já estão disponíveis só aguardando o Estado autorizar para que eles fiquem à disposição para pacientes Covid-19. Os outros leitos que vão ficar para pacientes não covid também têm que estar disponível. Apesar de o hospital estar com 50% de média de ocupação, a equipe tem que estar atenta o tempo inteiro porque o cenário muda de repente.”, disse o diretor Administrativo do HNSC, Clelton de Faria Pacheco.  

No momento, o HSNC está com uma área isolada para pacientes com suspeitas ou com a confirmação da Covid-19. Há apenas dois pacientes internados neste setor, um que testou positivo e outro que aguarda resultado de exame. O local tem recebido atenção especial e os profissionais que nele atuam estão capacitados para a prestação do serviço de saúde.

 

Segurança no HNSC

Por atender pacientes com coronavírus, há um certo receio das pessoas de o hospital ser um potencial foco de transmissão da Covid-19. No entanto, no HNCS as medidas preventivas estão sendo tomadas para evitar a possibilidade de contaminação no ambiente hospitalar. “No hospital tomamos todos os cuidados, tanto para a equipe quanto para os demais pacientes. Paciente suspeito fica na área isolada, fica com equipe exclusiva, o fluxo de pessoas no setor isolado é restrito. Então é seguro o paciente no hospital, claro, tomando as medidas cabíveis de proteção adequada.”, destacou Clelton Pacheco.

 

Solidariedade popular tem feito a diferença

No enfrentamento ao novo vírus, toda ajuda é importante. Neste sentido, o HNSC, por ser uma entidade filantrópica, tem sido contemplado pela boa ação de pessoas e empresas de Pará de Minas e região. Cada doação ajuda a Instituição a economizar e direcionar mais recursos no combate ao coronavírus. ““Hoje temos recebido mais oferta de doação do que temos pedido doação, e isso é muito importante para nós. Nossos custos com insumos aumentou demais, nosso custos com pessoal tem aumentado muito, então essas doações têm dado um pouco de alívio pra gente, principalmente com insumos e equipamentos.”, avaliou o diretor do HNSC.

“A população que quiser fazer qualquer tipo de doação é muito importante para nós. Desde uma máscara a um litro de leite. Um litro de leite que recebe de doação, deixamos de comprar. E temos tido excelentes doações”, completou Clelton.

 

Agradecimento aos profissionais de saúde

Todos os setores do HNSC estão mobilizados no enfrentamento ao coronavírus. E cada profissional tem sido importante na prestação do serviço de saúde, fortalecendo a assistência e demonstrando que, de fato, a união faz a força. “Quero deixar meu agradecimento de coração e com muita gratidão à toda nossa equipe que tem trabalhado incansavelmente para atender pacientes nesta pandemia. Então quero deixar essa gratidão aos funcionários do hospital, secretaria de saúde, todo mundo, sem exceção, quero deixar gratidão porque tem sido período muito difícil para nós.”, ressaltou o diretor do HSNC.

 

Clelton de Faria Pacheco, diretor Administrativo do HNSC

  • Compartilhar:

Comentários()

Receba nossa newslleter

E fique por dentro das notícias e novidades sobre o Hospital.