Dia Internacional do Enfermeiro/Enfermagem: a arte de cuidar e salvar vidas
12
maio-20

Dia Internacional do Enfermeiro/Enfermagem: a arte de cuidar e salvar vidas

 

Apesar do atual momento que passamos, a saúde vive nesta terça-feira, 12 de maio, um dia especial. Hoje é celebrado o Dia Internacional da Enfermagem e do Enfermeiro.

Para muitos apenas mais um dia normal no calendário, mas para os profissionais da área hoje é uma data mais que especial, trata-se de um momento de reconhecimento e valorização pelo papel deles no enfrentamento às mais diversas enfermidades, em especial à pandemia do novo coronavírus.

A escolha do 12 de maio para celebrar esses verdadeiros heróis aconteceu em homenagem à Florence Nightingale, marco da enfermagem moderna no mundo e que nasceu em 12 de maio de 1820. No Brasil, além do Dia do Enfermeiro, entre os dias 12 e 20 de maio, comemora-se a Semana da Enfermagem, data instituída em meados dos anos 40, em homenagem a dois grandes personagens da Enfermagem no mundo: Florence Nigthingale e Ana Néri, enfermeira brasileira e a primeira a se alistar voluntariamente em combates militares.

A enfermagem pode sim ser considerada uma arte. A arte de cuidar, a arte de inspirar, a arte de dar esperança a quem está passando por um momento turbulento em sua vida. Há quem diga, inclusive – com bons motivos para tal – que o profissional da área é um verdadeiro herói, que se arrisca para salvar outras vidas.

 

Ser enfermeiro em tempos de pandemia

Os profissionais da enfermagem representam boa parte dos trabalhadores envolvidos na linha de frente no combate ao novo coronavírus. O desafio é gigante, mas o amor à profissão está superando as barreiras que o novo vírus impõe.

Representando os profissionais da enfermagem do HNSC, a enfermeira Lidiane de Fátima Pereira Freitas, que atua há 14 anos no hospital, explica como é o sentimento pela área da saúde que os move mesmo diante do perigo. “Escolhi a profissão de enfermagem porque através dela posso expressar toda minha dedicação, cuidado, respeito e amor ao próximo.”, declara a enfermeira. “Os cuidados de enfermagem são desempenhados à beira do leito de forma permanente e humanizada durante 24 horas para atender as necessidades do paciente e cumprir com o plano de cuidado. A rotina muda completamente, mas atuamos com amor, mesmo sendo desafio. Estamos aqui para cuidar das pessoas que precisam.”, completa a enfermeira Lidiane.

O receio com a pandemia existe em qualquer profissional, e não seria diferente para os da enfermagem. Mas a esperança é que esse momento passe logo e que, em breve, possamos comemorar juntos a vitória.

 

Mensagem para os colega de profissão

Para concluir essa homenagem aos enfermeiros, técnicos e auxiliares, nossa enfermeira deixa uma mensagem para todos que estão se dedicando dia após dia em prol do Hospital Nossa Senhora da Conceição. “Somos verdadeiros protagonistas da linha de frente. Vamos cuidar de nós, da nossa família. Espero que tudo isso passe rápido! Desejo a todos os profissionais de enfermagem saúde, amor, dedicação e que todos possam ficar bem! Fique em casa quem puder! Parabéns ao Dia do Enfermeiro e à toda equipe de enfermagem do Hospital Nossa Senhora da Conceição!”, conclui a enfermeira.

 

Lidiane Freitas, enfermeira do HNSC

 

  • Compartilhar:

Comentários()

Receba nossa newslleter

E fique por dentro das notícias e novidades sobre o Hospital.